Liverpool perde para Roma, mas avança à final da Champions

Liverpool perde para Roma, mas avança à final da Champions

112
Compartilhar

Roberto Firmino, do Liverpool, disputa a bola com Daniele De Rossi, da Roma, durante a partida da UEFA Champions League.

 

O Liverpool está de volta a uma decisão de Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta-feira, o time perdeu para a Roma, no Estádio Olímpico por 4 a 2, mas confirmou a vaga na finalíssima, depois de onze anos. A última vez tinha sido em 2007, quando perdeu para o Milan, na Grécia. Em partida equilibrada, os Reds marcaram com Mané, em belo contra-ataque, e Wijnaldum, depois de escanteio. Milner contra, Dzeko e Nainggolan, duas vezes, fizeram para os donos da casa.

Os italianos fizeram o que podiam, especialmente no segundo tempo, quando conseguiram pressionar bastante. Porém não conseguiram marcar os gols necessários para tirar a enorme vantagem construída pelo adversário na semana passada.

A grande final da Champions League será decidida no dia 26 de maio, sábado às 15h45 (horário de Brasília) em Kiev, na Ucrânia, no Estádio Olímpico.

O jogo – Nos primeiros minutos embalado pela torcida, a Roma partiu pra cima do Liverpool, que por sua vez, apostava nos contra-ataques, explorando ao máximo a velocidade do trio de ataque.

E aos nove minutos, os Reds aproveitaram muito bem o contragolpe, Nainggolan errou o passe, Firmino arrancou e abriu na esquerda para Mané. O senegalês invadiu a área, bateu cruzado de perna esquerda e abriu o placar.

Entretanto, seis minutos depois, os italianos conseguiram o empate a partir de uma lambança da defesa inglesa. Em cruzamento da esquerda, El Shaarawy ajeitou de cabeça, Lovren foi cortar no chutão, mas acertou o rosto de Milner, e assim, a bola foi para o fundo das redes, deixando tudo igual no marcador. Na sequência, o time comandado por Klopp tentou com Mané, em chute colocado, que foi pela linha de fundo.

O Liverpool conseguia pressionar o adversário, Mané quase desempatou, Alisson defendeu. No escanteio para a área, a bola sobrou no alto para Wijnaldum cabecear para o fundo das redes, colocando a equipe em vantagem.

Os mandantes não desanimaram, e seguiam buscando o gol. Em chute de fora da área de El Sharaawy colocado, que acabou acertando a trave. Outra boa oportunidade, Florenzi finalizou pela linha de fundo. Mas o primeiro tempo terminou em 2 a 1.

No começo da etapa complementar, Dzeko recebeu na entrada da área, e acabou derrubado por Karius. No entanto, o atacante bósnio estava impedido, assim, o jogo acabou sendo paralisado, e bola para o Liverpool. Aos seis minutos, a Roma empatou, El Sharaawy recebeu na entrada da área, e bateu, Kariu defendeu, no rebote, Dzeko não perdoou, deixando tudo igual, e mantendo os mandantes vivos no confronto.

O gol fez com que os Reds recuassem, fugindo um pouco das características do time. O time da casa quase empatou com Under, após belo lançamento de De Rossi, Karius fez boa defesa. A pressão seguia, El Shaarawy tentou, mas Alexander-Arnold fez o corte com a mão, o juiz não deu o pênalti.

A equipe de Klopp seguia muito recuada, enquanto a Roma pressionava, Dzeko recebeu na entrada da área e bateu, mas a bola foi pela linha de fundo. Depois de muita pressão, aos poucos, os ingleses tentavam quebrar o ritmo do jogo, e acelerar quando a bola chegava no trio de ataque, Firmino recebeu de Salah, parando no goleiro Alisson.

Os italianos não desistiam e conseguiram o gol da virada, Nainggolan recebeu e mandou um canudo de fora da área, a redonda ainda beijou a trave antes de entrar na rede. Nos últimos minutos, o técnico alemão fez alterações para gastar o tempo. No último minuto, a Roma teve um pênalti, Nainggolan cobrou forte no meio do gol, e o juiz encerrou o jogo em 4 a 2 para os mandantes, mas o Liverpool chegou à decisão.

FICHA TÉCNICA

ROMA 4 X 2 LIVERPOOL

Local: Estádio Olímpico, em Roma, Itália

Data: 2 de maio de 2018, quarta-feira

Horário: 15h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)

Assistentes: Jure Praprotnik e Robert Vulan (ambos da Eslovênia)

Cartões Amarelos: Florenzi e Manolas (Roma); Lovren e Robertson (Liverpool)

Cartões Vermelhos: –

Gols:

ROMA: Milner contra aos 15 minutos do primeiro tempo e Dzeko aos seis e Nainggolan aos 40 e aos 48 minutos do segundo tempo.

LIVERPOOL: Mané aos nove e Wijnaldum aos 26 minutos do primeiro tempo.

ROMA: Alisson; Florenzi, Manolas, Fazio e Kolarov; De Rossi (Gonalons), Pellegrini (Under) e Nainggolan; Shick, El Shaarawy (Antonucci) e Dzeko.

Técnico: Eusebio Di Francesco

LIVERPOOL: Karius; Alexander-Arnold (Clyne), Lovren, Van Dijk e Robertson; Henderson, Wijnaldum e Milner; Mané (Klavan), Salah e Roberto Firmino (Solanke).

Técnico: Jurgen Klopp

Por Portal Terra