Repórter da Globo é assediada em participação ao vivo na Copa e...

Repórter da Globo é assediada em participação ao vivo na Copa e desabafa: ‘Vergonhoso!’

353
Compartilhar

Tocando de Primeira


Em meio a tantos casos de assédio promovidos por torcedores brasileiros na Copa do Mundo da Rússia, mais um episódio, agora tendo uma repórter da TV Globo como vítima, chamou a atenção neste domingo.

Enquanto fazia uma participação ao vivo na emissora, em Ecaterimburgo, antes da partida entre Japão e Senegal, a repórter Julia Guimarães quase foi beijada por um torcedor.

Imediatamente, ela reagiu e se dirigiu ao assediador pedindo respeito: “Não faça isso, nunca faça isso de novo, ok? Eu não permito isso. Isso não é educado, isso não é certo. Nunca faça isso com uma mulher. Respeito”.

Em seu Twitter, Julia também lamentou mais um caso de assédio no Mundial. “É difícil encontrar palavras… Por sorte, nunca vivi isso no Brasil! Aqui já aconteceu por 2 vezes. Triste! Vergonhoso!”.

Repórter colombiana Julieth González, da TV alemã Deutsche Welle, passou pela mesma situação

Na Rússia, outra repórter da emissora, Amanda Kestelman, já havia passado por situação parecida. Um outro episódio, com a repórter colombiana Julieth González, da TV alemã Deutsche Welle, viralizou nas redes sociais. No começo da Copa, a reportagem do Superesportes em Moscou também flagrou uma profissional de imprensa sendo assediada por alguns rapazes.

Tocando de Primeira