Devotos cruzam de joelhos a ‘passarela da fé’ no Santuário de Aparecida

Devotos cruzam de joelhos a ‘passarela da fé’ no Santuário de Aparecida

169
Compartilhar

Para agradecer ou fazer pedidos, devotos de Nossa Senhora Aparecida, sobem de joelhos a ‘passarela da fé’. A estrutura, de 35 metros de altura, no ponto mais elevado, e 392 metros de extensão, liga o Santuário Nacional à basílica velha. O local é ponto de peregrinação dos romeiros.

De manhã, o movimento era intenso no local. Entre os romeiros, estava Teodoro Mesquita, de 49 anos, de Santo Antônio do Monte, em Minas Gerais. Ele atravessou a passarela de joelhos para agradecer por ter parado de fumar e para pedir ajuda no controle da diabetes.

“Alcancei a graça de parar de fumar há cinco anos e agora estou fazendo para controlar minha diabetes, que é muito forte. Ela tem muita força. Fez eu largar o cigarro e vai me ajudar a controlar o diabetes”, disse.

Para o casal Lucilene Dourado, de 37 anos, e Deniz Antônio da Silva, de 40 anos, a travessia de joelhos da passarela é uma tradição. Há seis anos, eles deixam Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais, para fazer o trajeto. Primeiro Deniz desceu de joelhos a passarela, depois Lucilene subiu, amparada pelo marido que tinha acabo de fazer a penitência.

“Cada ano, uma graça alcançada. Já pedi pela saúde da minha filha, hoje pela saúde do meu pai e parentes. Ela sempre intercede por nós e por isso sempre pago tudo que alcancei”, conta Lucilene.

Fonte: G1