Cineasta preso na Rússia vence Prêmio Sakharov 2018

Cineasta preso na Rússia vence Prêmio Sakharov 2018

10
Compartilhar

Contrário à anexação da Crimeia, ele cumpre pena de 20 anos

Cineasta preso na Rússia vence Prêmio Sakharov 2018

cineasta ucraniano Oleg Sentsov, preso na Rússia por oposição à anexação da Crimeia, é o vencedor deste ano do Prêmio Sakharov, que homenageia aqueles que dedicaram suas vidas em defesa dos direitos humanos e da liberdade. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25) pelo presidente do Parlamento Europeu, o italiano Antonio Tajani.

Sentsov, de 42 anos, foi condenado em 2015 a cumprir 20 anos de prisão por planejamento de atos terroristas, em um processo denunciado pela UE, Ucrânia e Estados Unidos, e o qual a Anistia Internacional julgou “stalinista”. Em maio deste ano, o cineasta fez uma greve de fome de 144 dias para protestar contra a detenção de presos políticos ucranianos na Rússia. O fim do protesto veio depois de ameaças de ser alimentado à força.

“A batalha conduzida por ele, colocando em risco a sua própria vida, nos lembra que é o nosso dever defender o respeito aos direitos humanos onde quer que seja no mundo e em qualquer circunstância”, disse Tajani, pedindo a libertação urgente e imediata de Sentsov.    A cerimônia de entrega do Prêmio Sakharov será realizada no dia 12 de dezembro, em Estrasburgo, e os outros finalistas, uma ONG que atua no socorro aos migrantes e o ativista marroquino Nasser Zefzafi, serão convidados. (ANSA)

Fonte: Noticias ao minuto.