Confira 5 dicas para relaxar durante uma viagem de avião

Confira 5 dicas para relaxar durante uma viagem de avião

132
Compartilhar

Respirar mais devagar e se imaginar em outro lugar são algumas formas de manter a calma quando se está a muitos, mas muitos pés de altura; saiba mais

Dependendo do destino que você quer visitar nas férias, o avião é a única forma de transporte para chegar até lá, e isso pode ser um problema para algumas pessoas. Mesmo que você não sinta medo de fazer uma viagem de avião, provavelmente conhece alguém que fique apavorado com a ideia e até perca oportunidades de conhecer lugares novos.

De acordo com a VOE Psicologia, estima-se que uma em cada cinco pessoas tem medo de avião, independentemente de idade, sexo ou qualquer outra característica pessoal. Se você se enquadra nessa categoria, confira algumas dicas para deixar sua viagem de avião mais tranquila:

1. Respire

É muito importante manter a respiração controlada para não piorar a situação, já que a mudança no padrão respiratório é um dos primeiros sinais de que a ansiedade e o medo estão se instalando no corpo. Durante um momento de pânico, a respiração se torna mais curta e, em vez de encher os pulmões de ar, o processo de inspirar e expirar fica mais rápido e superficial.

Chamado de hiperventilação, o processo desencadeia a redução dos níveis de dióxido de carbono no sangue, causando uma série de sintomas como dor do peito, boca seca, tontura e entorpecimento, sensações que acompanham os ataques de pânico.

Como os níveis de oxigênio são menores na altura em que o avião fica, as chances de a pessoa desmaiar aumentam durante um voo. Respire devagar e profundamente para expulsar o máximo de ar que puder dos pulmões e, em seguida, inspire fundo pelo nariz contando até quatro. Expire pela boca, contando até seis. Repita o processo de quatro a cinco vezes.

2. Pressione o ponto anti tensão

Nos momentos de pânico, é uma boa utilizar a acupressão, processo que usa os mesmos pontos-chaves que a acupuntura, mas, em vez de agulhas, é feita com os dedos, tornando-a muito mais simples. Um dos pontos mais conhecidos para aliviar a tensão fica na região entre o indicador e o polegar. É possível estimular os pontos das duas mãos simultaneamente, usando o polegar e o indicador da mão oposta. Aperte bem e segure por cerca de três minutos, sem se esquecer de também prestar atenção na respiração.

 

3. Relaxe a musculatura

Em momentos de pânico, a tendência é contrair a musculatura, o que dificulta ainda mais o processo de respirar. Sendo assim procure “soltar” os ombros, fazendo movimentos circulares, fazendo o mesmo com a cabeça logo em seguida (tudo enquanto controla a respiração). Você vai sentir a diferença!

4. Discipline a mente

Quando estamos aflitos ou com medo, nossa mente se enche de pensamentos inúteis, como a possibilidade de o avião despencar. Estudos já mostraram que a técnica “mindfulness” (algo como “atenção plena” em tradução livre) ajuda a disciplinar a mente, aliviar o estresse mental e a ansiedade. Se você nunca tentou praticar esse tipo de meditação, use um aplicativo para ajudá-lo. Vale a tentativa!

5. Visualização

Imaginar-se em outro lugar é uma boa forma de relaxar. Feche os olhos, coloque fones ou tampões – aqueles que são distribuídos no voo – nos ouvidos para reduzir o ruído e dê play em um som calmo (muitas companhias aéreas passaram a incluir músicas new age e de relaxamento como parte de seu serviço de entretenimento).

Em seguida, tente se esquecer de que você está em uma viagem de avião e se imagine em um lugar bonito e calmo, como uma praia deserta. Imagine o barulho do mar, o ir e vir das ondas, procure visualizar o seu corpo exposto ao calor do sol, tudo enquanto respira lenta e profundamente. Você com certeza ficará mais relaxado com isso.

Fonte: IG