Não tomar banho após o treino afeta sua atividade física! Conheça os...

Não tomar banho após o treino afeta sua atividade física! Conheça os 7 pecados que você pode está cometendo

598
Compartilhar

Fazer exercício físico diariamente é a regra número um pra quem deseja ter uma vida saudável e manter o corpo em forma. Mas alguns hábitos podem trabalhar e até mesmo fazer seu exercício perder a validade. Um deles, por exemplo, é não tomar banho após o treino! Isso mesmo, além da questão da higiene, a falta de um banho pode afetar negativamente os benefícios adquiridos na atividade física.

O professor do Centro de Ciência do Esporte e Alta Performance da Espanha, Juan Francisco Marco e a BBC Mundo organizaram uma lista com os 7 pecados que podem prejudicar seu exercício físico.

1 – NÃO ALONGAR

É importante desacelerar o corpo após qualquer atividade física, é “essencial para relaxar os músculos  estabilizar todo o sistema cardiorrespiratório”, alerta o professor espanhol.

“Isso se resolve basicamente com exercícios muito suaves de alongamento, que chamamos de ‘alongamento de descarga’, sempre com baixa intensidade”, explica ele.

 

2 – NÃO TOMAR BANHO

O banho não é só uma questão de higiene! Ele cumpre a função de estimular a circulação sanguínea e fortaleza a queima de gordura. O professor ainda recomenda banhos de água fria, pois com a queda brusca de temperatura, o corpo acelera o metabolismo.

 

3 – SE JOGAR NO SOFÁ OU NA CAMA

Se você pensa que depois de treinar, pode passar o dia inteiro deitado ou sentado na frente da TV, está enganado! Passar muito tempo sentado estimula o aparecimento de doenças no coração.

E deitar ou sentar logo após um treino pesado, pode ser pior ainda!

“É muito ruim para o corpo uma mudança tão drástica como saltar de um exercício intenso para a inércia total. É bom manter um mínimo de atividade para que o corpo desacelere pouco a pouco”, diz o professor do centro de alto rendimento.

4 – NÃO SE AGASALHAR

É comum as pessoas não usarem agasalho após o treino porque o corpo ainda está quente, mas isso pode afetar o organismo, que trabalha para se recuperar do esforço.

O ideal é usar casados que mantenham o calor e ir resfriando o corpo lentamente.

  • Claro que isso só vale para lugares (ou dias) frios.

5 – NÃO SE HIDRATAR

Beber pelo menos seis litros de água por dia é mais uma regra básica pra quem quer manter o corpo em forma. O ideal é que você se hidrate antes, durante e depois do treino. Mas se você ainda não tem esse costume, precisa se SE HIDRATAR NO FINAL DO EXERCÍCIO.

A dica do professor é beber bastante água ou qualquer bebida isotônica, mas cuidado para não confundir bebida isotônica com energética. Essa última servem como estimulantes e não devem ser ingeridas no final da atividade física.

“Basta água ou qualquer bebida isotônica, que você pode tranquilamente fazer em casa”, sugere o especialista.

“Por exemplo: 750 mililitros de água, uma colher de sopa de bicarbonato de sódio, uma colher de sopa de açúcar mascavo e o suco de uma laranja ou limão para dar sabor são suficientes”, explica.

6 – ESQUECER A ALIMENTAÇÃO

Após o treino, é claro que você precisa repor as energias perdidas, mas isso não pode ser feito com qualquer alimento.

O professor recomenda consumir proteínas de absorção rápida “para aproveitar que o músculo está mais contraído e tem mais irrigação sanguínea”. Entre os alimentos desta categoria estão o atum e a soja.

7 – FUMAR UM CIGARRO

Por mais absurdo que seja esse item e por mais que todos já saibam o males que o cigarro pode causar, muita gente ainda tem o hábito de fumar um cigarro logo depois do exercício em busca de relaxamento.

O mal que o cigarro pode trazer se multiplica depois do exercício “porque todo o sistema respiratório está mais aberto e todas as toxinas do tabaco entram com mais facilidade nos pulmões e no organismo”.

 

  • Com informações da BBC Brasil

Deixe um comentário

20 − dezoito =