Brasileiro luta pela guarda do filho americano após os dois serem presos...

Brasileiro luta pela guarda do filho americano após os dois serem presos atravessando a fronteira do México com os EUA

397
Compartilhar

NOVA YORK – Todos os dias dezenas de brasileiros atravessam a fronteira entre os Estados Unidos e o México. Mesmo com a forte política imposta pelo presidente Donald Trump, a comunidade registra diariamente a chegada de novos imigrantes. Cada um tem a sua história, alguns conseguem chegar ao destino e outros não têm a mesma sorte.

Este foi o caso do pequeno Samuel Cruz, 6 anos de idade, e seu pai. O menino é cidadão dos Estados Unidos e ambos foram pegos pela patrulha de fronteira, no dia 21, no estado do Arizona.

Até ai tudo bem, pois centenas de imigrantes são presos na fronteira todos os dias e enviados de volta ao seu país de origem. Mas o caso de Samuel foi diferente. Ele foi separado do seu pai pelo fato de ser um cidadão dos EUA.

Agora, o pai, Sidielson da Cruz, luta para reaver a guarda do filho, a qual poderá ser dada a uma família norte-americana, de acordo com as autoridades deste país.

A comunidade brasileira em Massachusetts, liderados pela ativista Lídia Souza, iniciou uma campanha para libertar o pai da prisão e ajudar a recuperar o filho.

Quem quiser colaborar é só acessar o link https://www.gofundme.com/tdx33t-back-home e fazer uma doação de qualquer valor. O objetivo é arrecadar a quantia de US$10 mil e até o momento só foi arrecado pouco mais de US$710.00 dólares.

Com Brazilian Times